quinta-feira, 1 de maio de 2008

Fazia tempo.


Existe um aperto que está sempre ali, e eu mal sei o que fazer com ele..

E hoje, eu acordar ao meio dia de uma manhã quase tarde cinzenta e fria, como há muito tempo não faço, é quase um sonho realizado, é vontade de me afogar em minha cama quente e por ali ficar, sem frio, indecisa, é perigoso.

O fato é que hoje eu me sinto assim, frágio, confusa, dócil demais.

Penso em decidir e correr pro abraço, mas ja abracei tantas vezes e nada, de novo não.É que o meu chega nunca chega, e eu insisto demais, corro tanto atrás e acabo esperando mais, então, eu me canso, e choro um pouco pra ver se passa, pra ver se eu insisto menos, corro menos e enfim, paro de esperar.

O meu ciclo vicia.

Hoje eu desejo algo que descubro até o fim do dia.

4 comentários:

DN-MOEDAS disse...

ESCUTEI UMA MUSICA SUA HOJE...

VC É UM FENOMENO!!

LINDA SUA VOZ!!
PARABENS...SORTUDA!!
HEHE

ABRAÇO

luanna disse...

Oiiii, mto obrigada viu!!!!
fico felizz com o elogio!!!
como é seu nome?!!!!

beijos

Sylvinha Assis disse...

Luuu
acabei achar teu blog no seu perfil! rsss

Li varios posts e adorei as coisas que voce escreve!!
vou por o link do teu blog no meu, tá??
beijãaaoooo

Carolina Vidal disse...

Nossa, é só eu passar uns dias sem entrar no seu blog, q vc atualiza... hehehe
Qdo eu venho aqui sempre, nunca tem nada novo! hahaha

Nem preciso dizer que amo as coisas que vc escreve, né?
E achei tão fofinha essa foto... =)

Beijão!